Segunda-feira, 25 de Maio de 2020
7a. Semana da Pascoa
Ciclo da Pascoa
Cor liturgica: Branco

Evangelho do dia: São João 16,29-33

Primeira leitura: Atos dos Apóstolos 19,1-8
Leitura dos Atos dos Apóstolos:

Enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo atravessou as regiões montanhosas e chegou a Éfeso. Aí encontrou alguns discípulos e perguntou-lhes: 2'Vós recebestes o Espírito Santo quando abraçastes a fé?' Eles responderam: 'Nem sequer ouvimos dizer que existe o Espírito Santo!' 3Então Paulo perguntou: 'Que batismo vós recebestes?' Eles responderam: 'O batismo de João.' 4Paulo disse-lhes: 'João administrava um batismo de conversão, dizendo ao povo que acreditasse naquele que viria depois dele, isto é, em Jesus.' 5Tendo ouvido isso, eles foram batizados no nome do Senhor Jesus. 6Paulo impôs-lhes as mãos e sobre eles desceu o Espírito Santo. Começaram então a falar em línguas e a profetizar. 7Ao todo, eram uns doze homens. 8Paulo foi então à sinagoga e, durante três meses, falava com toda convicção, discutindo e procurando convencer os ouvintes sobre o Reino de Deus.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 67 (68)

- Eis que Deus se põe de pé, e os inimigos se dispersam! Fogem longe de sua face os que odeiam o Senhor! Como a fumaça se dissipa, assim também os dissipais, como a cera se derrete, ao contato com o fogo, assim pereçam os iníquos ante a face do Senhor!

R: Reinos da terra, cantai ao Senhor.

- Mas os justos se alegram na presença do Senhor rejubilam satisfeitos e exultam de alegria! Cantai a Deus, a Deus louvai, cantai um salmo a seu nome! o seu nome é Senhor: exultai diante dele!

R: Reinos da terra, cantai ao Senhor.

- Dos órfãos ele é pai, e das viúvas protretor; é assim o nosso Deus em sua santa habitação. É o Senhor quem dá abrigo, dá um lar aos deserdados, quem liberta os prisioneiros e os sacia com fartura.

R: Reinos da terra, cantai ao Senhor.

Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 16,29-33

- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto, onde Cristo está sentado, à direita de Deus Pai (CI 3,1).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João:

Naquele tempo: 29Os discípulos disseram a Jesus: 'Eis, agora falas claramente e não usas mais figuras. 30Agora sabemos que conheces tudo e que não precisas que alguém te interrogue. Por isto cremos que vieste da parte de Deus. 31Jesus respondeu: 'Credes agora? 32Eis que vem a hora - e já chegou - em que vos dispersareis, cada um para seu lado, e me deixareis só. Mas eu não estou só; o Pai está comigo. 33Disse-vos estas coisas para que tenhais paz em mim. No mundo, tereis tribulações. Mas, tende coragem! Eu venci o mundo!'

- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor

Comentário do dia por Beato Henrique Suso (c. 1295-1366), dominicano
O livro da Sabedoria eterna

«Para que em Mim tenhais a paz»

«Senhor, desde os dias da minha juventude, que o meu espírito busca um não sei quê, com uma sede impaciente. O que é então, Senhor? Ainda não consegui apreendê-lo perfeitamente. Há tantos anos que o desejo ardentemente e ainda não consegui apreendê-lo. [...] E contudo, é mesmo o que atrai o meu coração e a minha alma, e sem o qual não posso ter verdadeira paz.

Senhor, eu queria procurar a minha felicidade nas criaturas deste mundo, como via tanta gente fazer à minha volta. Mas quanto mais buscava, menos encontrava; quanto mais me aproximava, mais me afastava. Com efeito, todas as coisas me diziam: «Eu não sou aquilo que procuras.» És então Tu, Senhor, aquilo que procurei durante tanto tempo? Era então para Ti que o enlevo do meu coração sempre e sem cessar puxava? Porque foi, então, não Te mostraste? Como pudeste adiar este encontro durante tanto tempo? Por quantos caminhos extenuantes não me atolei? De facto, é verdadeiramente feliz o homem de quem cuidas com tanto amor; Tu não o deixas em repouso até que ele busque o repouso só em Ti.»