Sexta-feira, 22 de Outubro de 2021
29a. Semana do Tempo Comum
Cor liturgica: Verde

Evangelho do dia: São Lucas 12, 54-59

Primeira leitura: Romanos 7, 18-25
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos:

Irmãos: 18Estou ciente que o bem não habita em mim, isto é, na minha carne. Pois eu tenho capacidade de querer o bem, mas não de realizá-lo. 19Com efeito, não faço o bem que quero, mas faço o mal que não quero. 20Ora, se faço aquilo que não quero, então já não sou eu que estou agindo, mas o pecado que habita em mim. 21Portanto, descubro em mim esta lei: Quando quero fazer o bem, é o mal que se me apresenta. 22Como homem interior ponho toda a minha satisfaçóo na lei de Deus; 23mas sinto em meus membros outra lei, que luta contra a lei da minha razão e me aprisiona na lei do pecado, essa lei que está em meus membros. 24Infeliz que eu sou! Quem me libertará deste corpo de morte? 25aGraças sejam dadas a Deus, por Jesus Cristo, nosso Senhor.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 118 (119)

- Dai-me bom senso, retidóo, sabedoria, pois tenho fé nos vossos santos mandamentos!

R: Ensinai-me a fazer vossa vontade!

- Porque sois bom e realizais somente o bem, ensinai-me a fazer vossa vontade!

R: Ensinai-me a fazer vossa vontade!

- Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes.

R: Ensinai-me a fazer vossa vontade!

- Venha a mim o vosso amor e viverei, porque tenho em vossa lei o meu prazer!

R: Ensinai-me a fazer vossa vontade!

- Eu jamais esquecerei vossos preceitos, por meio deles conservais a minha vida.

R: Ensinai-me a fazer vossa vontade!

- Vinde salvar-me, ó Senhor, eu vos pertenço! Porque sempre procurei vossa vontade.

R: Ensinai-me a fazer vossa vontade!

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 12, 54-59

- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, pois revelaste os mistérios do teu reino aos pequeninos, escondendo-os aos doutores! (Mt 11,25);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo: 54Jesus dizia às multidões: 'Quando vedes uma nuvem vinda do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece. 55Quando sentis soprar o vento do sul, logo dizeis que vai fazer calor. E assim acontece. 56Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? 57Por que não julgais por vós mesmos o que é justo? 58Quando, pois, tu vais com o teu adversário apresentar-te diante do magistrado, procura resolver o caso com ele enquanto estais a caminho. Senão ele te levará ao juiz, o juiz te entregará ao guarda, e o guarda te jogará na cadeia. 59Eu te digo: daí tu não sairás, enquanto não pagares o último centavo.'

- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor

Comentário do dia por São João XXIII (1881-1963), Papa
Discurso na abertura do Concílio Vaticano II, 11/10/1962, §§ 2-4

Discernir os sinais dos tempos: um grande tema do Concílio Vaticano II

No exercício quotidiano do nosso ministério pastoral, ferem nossos ouvidos sugestões de almas, ardorosas sem dúvida no zelo, mas não dotadas de grande sentido de discrição e moderação. Nos tempos atuais, elas não veem senão prevaricações e ruínas; vão repetindo que a nossa época, em comparação com as passadas, foi piorando; e portam-se como quem nada aprendeu da história, que é também mestra da vida, e como se no tempo dos concílios ecuménicos precedentes tudo fosse triunfo completo da ideia e da vida cristã, e da justa liberdade religiosa.

Parece-nos que devemos discordar desses profetas da desventura, que anunciam acontecimentos sempre infaustos, como se estivesse iminente o fim do mundo.

No presente momento histórico, a Providência está a levar-nos para uma nova ordem de relações humanas, que, por obra dos homens e o mais das vezes para além do que eles esperam, se dirigem para o cumprimento de desígnios superiores e inesperados; e tudo, mesmo as adversidades humanas, dispõe para o bem maior da Igreja.